Header Ads

Livros encadernados com pele humana são encontrados na biblioteca de Harvard



Existe algo inegavelmente assustador sobre grandes bibliotecas. Os sussurros, o silêncio quase artificial, e o cheiro de tomos empoeirados se combinam para criar uma experiência surreal. Mas quando se trata de bibliotecas assustadoras, a Universidade de Harvard pode levar o prêmio... Veja você mesmo, três de seus livros são revestidos em pele humana.

Há alguns anos, três livros foram descobertos na biblioteca da Universidade de Harvard por terem capas de couro especial de aparência estranha. Após a inspeção, descobriu-se que as capas de couro eram na verdade de pele humana... em um dos caso, pele retirada de um homem que foi esfolado vivo. Sim, definitivamente, a biblioteca mais apavorante que qualquer outra.


A prática do uso de pele humana para encadernar livros era muito popular durante o século 17. É definida como encapamento Anthropodermic e se provou bastante comum quando se trata de livros didáticos anatômicas. Os profissionais médicos que costumavam usar a pele de cadáveres que haviam dissecado durante a sua pesquisa. Sem desperdícios, eu suponho.


O livros assustadores de Harvard tratam de poesia romana, filosofia francesa, e um tratado sobre a lei medieval espanhola para a qual foi utilizada a pele esfolada mencionado anteriormente. O livro, Practicarum quaestionum circa leges regias, tem uma inscrição muito interessante no interior, como relata o The Harvard Crimson.

Página 794 e última do livro inclui uma inscrição em letra cursiva roxa: "the bynding of this booke is all that remains of my dear friende Jonas Wright, who was flayed alive by the Wavuma on the Fourth Day of August, 1632. King Mbesa did give me the book, it being one of poore Jonas chiefe possessions, together with ample of his skin to bynd it. Requiescat in pace" [A encadernação deste livro foi tudo o que restou do meu caro amigo Jonas Wright, cujo foi esfolado vivo pelos Wavuma (tribo africana)  no quarto dia de Agosto, 1632. O Rei Mbesa entregou-me o livro, sendo ele uma das poucas posses de Jonas, juntamente com um amplo pedaço de sua pele para encaderna-lo. Descanse em paz.]

Segundo o diretor de Bibliotecas da Universidade de Sidney Verba '53, ainda podem existir mais desses livros assustadores de pele por lá, mas por enquanto é possível tocar os três livros na sala de livros raros da Universidade de Harvard, os bibliotecários não são exatamente amantes de tudo a atenção que tem recebido ultimamente, por razões óbvias. Na verdade, eles fizeram questão de não se apressarem na busca de outros volumes macabros .



Se você decidir ir para Harvard e conferir os livros você mesmo, faça-nos um favor - só não os leia em voz alta. Todo mundo sabe como isso termina.



Texto traduzido de <https://roadtrippers.com/blog/harvard-discovers-three-of-its-library-books-are-bound-in-human-flesh publicado por Greg Newkirk.
Tecnologia do Blogger.